domingo, 8 de fevereiro de 2009

Recomeço

Todos os dias aqui passo, quase sempre desejando que a palavra flua e tansmita o que vai dentro. Depois os afazeres e os desfazeres da vida parecem retirar tempo a este meditar ... que dizer neste fevereiro cinzento, que dizer quando à nossa volta vamos todos os dias sendo assolados com notícias de corrupção, conspirações profissionais profundamente injustas mas bem publicitadas, líderes em derrocada e outros como urubus esperando o melhor momento para tomar um qualquer poder!
Que dizer quando a justiça parece só funcionar para alguns, e esses são quase sempre os que já eram ganhadores! Como manter acesa a nós a decisão de ser sempre honesto e transmiti-la aos nossos filhos.
Nestes momentos, nestes dias tristes, nesta hora de chuva consigo apenas sentir que tantas vezes são as pequeninas coisas, as pequenas surpresas que a vida nos dá, o sorriso gratuito e caloroso dos amigos, o afago imperceptível do sol quando regressa, a voz de alguém que nos quer bem....são essas as grandes coisas que criam em nós o Arco íris.
Até já.

2 comentários:

Jose disse...

reli asa palavras escritas,tentei perceber melhor a realidade,comparei com ou tentei comparar com o que soube agora, fico naturalmente sem saber o que dizer a não ser estou feliz

Jose disse...

reli asa palavras escritas,tentei perceber melhor a realidade,comparei com ou tentei comparar com o que soube agora, fico naturalmente sem saber o que dizer a não ser estou feliz