quinta-feira, 20 de setembro de 2007

D.Quixote...de mini-saia

Já tinha saudades de aqui vir...os dias correm vorazes.
A voragem da vida retira tempo e espaço para a irmos vivendo com sabor.
As notícias são quase sempre iguais... mais um recém-nascido numa ambulância, um crime passional aqui ou ali, acidentes mortais, muito futebol, muita politiquice nada nada de novo.
Nunca são notícia os bébes e as mães e pais que todos os dias se esforçam para viver com harmonia, dignidade e afecto ...coisa tão dífícil de conseguir se a rotina invade os corações.
Nunca é notícia o trabalho digno, esforçado, de todos os dias de todos nós.
A sociedade devoradora empurra-nos para mais trabalho, mais consumo, mais custos...Oferece-nos um cardápio de opções de vida, de lazer, de sonhos, de expectativas ...totalmente inflacionadas... inatingíveis para a maioria de nós e retira-nos... forçosamente, porque não há como, a liberdade de decidir quais os sonhos que queremos perseguir!
Hoje estou triste... é certo... como o dia...porque apesar de tudo não consigo desistir de perseguir os sonhos ...tal qual D.Quixote

Um comentário:

Dinis disse...

Perdi-te por algum tempo, ... depois voltei a encontrar-te.
O Blog está giro, és tu mesma !
As verdades são sempre pessoais e pressupõem um contexto. Já o Mário Soares se justificava dizendo: “ ...se até os burros mudam, porque é que eu não hei-de mudar!?”.
Continua e diz o que te vai na alma! Solta a franga!

Beijos
Paulo Dinis